sexta-feira, 31 de agosto de 2012

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Idéia Graciosa 51...

Sempre quando eu vejo essas idéias eu me sinto realmente tentada a colocá-las em prática, como essa que eu achei incrível. Só falta agora encontrar umas caixas "abandonadas" por aí!!!

Pinterest

terça-feira, 28 de agosto de 2012

A Árvore da Vida...

Quem já assistiu o filme vai saber do que eu estou falando. Como foi difícil sentar aqui e tentar explicar, escrever sobre ele, mas eu quero muito falar sobre esse filme. "A Árvore da Vida" pra mim foi uma experiência, assim como todo filme deve ser, seja divertido, sério ou só para passar o tempo. Daqueles filmes que você não sabe se ama ou se odeia. Li que muitos odiaram, mas ainda bem que diferentes pontos de vista existem para serem discutidos!

O que posso resumir é que o filme fala sobre Vida e Morte, na mesma intensidade. Não há uma narrativa de começo, meio e fim. O diretor usa a natureza e a criação do mundo (literalmente a cena do Big Bang está lá em uma grande magnitude!!!) para dizer que o mundo está girando e a vida acontecendo.

O filme retrata uma família convencional do Texas nos anos 50, um pai repressor, frustrado, porém amoroso à sua peculiar maneira. A mãe, um ser quase angelical, tamanha sua suavidade e amor incondicional aos 3 filhos, daquele tipo de mãe que todas nós gostaríamos de ser mais, mas acabamos sendo engolidas pelas obrigações do dia. Três meninos, tão adoráveis e diferentes e ao mesmo tempo tão iguais. A dimâmica entre os irmãos é perfeita, eles se conhecem, se divertem e se amam. Tudo muito natural, nada forçado, mostrando que viver uma vida simples, é a melhor maneira de se viver.

As sensações também são experimentadas pelo filme, a 1° morte vista de perto, os primeiros passinhos de um bebê, um olhar de cíume do irmão mais velho...tudo é experimentado através apenas de olhares e trilha sonora, usar a sensibilidade nesse momento ajuda e muito a compreender o filme.
E o mais perturbador para qualquer mãe, a perda de um filho. Como uma mãe suporta tamanha perda? Como essa perda atinge toda uma família? E como a infância pode nos influênciar por toda a nossa vida adulta...

Confesso que foi um pouco exaustivo as cenas de natureza, exige paciência, embora reconheça que elas são perfeitas. A fotografia do filme é belíssima! Assim como o argumento usado para os maiores questionamentos da vida, os sussurros nas conversas com Deus, a inquietação da alma em compreender o que acontece a nossa volta, sobre as pessoas...enfim, a complexidade de uma vida em 2 horas de filme!

Depois que o filme acabou, fiquei pensando sobre a mãe que sou, do tempo que passo com meus filhos. Se pensarmos que antes não havia televisão, computador, facebook, video-games e toda essa tecnologia que ironicamente nos isola daqueles que estão próximos de nós, mas que nos aproximam de quem está longe...coisa maluca, não é?

E se esse tempo gasto fosse usado para cósquinhas? um banho de mangueira num dia quente? ou sentar na grama e adivinhar qual o formato das nuvens? Eu já fiz tudo isso quando criança e sobrevivi, sou normal, aliás tenho ótimas lembranças da minha infância. Seria mesmo uma utopia nos dias de hoje passar algumas horas assim, de calmaria e de pernas pra cima. Sem pensar, sem filosofar, sem se preocupar com nada, nem duvidar de ninguém...apenas sentir o momento e atingir uma paz de espírito. Seria mesmo possível ou estou ficando louca?????







 
Eu recomendo, goste ou não, é sempre uma experiência, certo?
 
Bjs

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Recadinho...

Essa semana eu não consegui postar muita coisa, nem visitar os blogs queridos e nem retribuir os comentários que vocês me deixaram. No Facebook eu dou uma "zapeada" rapidinho e já saio, porque se não , eu enrosco!!! Tudo isso porque meus primeiros trabalhos na Faculdade já começaram. Foram muitos textos para ler, interpretar e finalizar tudo bonitinho. E como é uma coisa nova na minha vida, eu tive que organizar alguns horários. Pois é, eu sou perfeccionista, né? Maaaaas, no final de semana já vou ter acabado tudo e daí o bloguito volta ao normal, ok? Não me abandonem, please...rs


Ótimo dia para todos!!!

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Um bom Dia dos Pais...

Maridinho aqui em casa, como muitos eu acredito, não liga para datas comemorativas, aliás, sempre fica repetindo que não quer ganhar nada. Já eu, louca por datas e comemorações, prometi a ele que pelo menos uma "gracinha" eu faria com certeza. Algo simples, mas cheio de carinho, como sempre.

Arthur fez um cartão na escolinha, então eu me inspirei numa idéia que encontrei pela internet e juntei papel e fita que eu tinha em casa e fiz um embrulho bem legal e dentro eu enchi de chocolates e guloseimas. Detalhe: ele está de dieta!!! Eu sei, eu sei, foi cruel da minha parte, mas eu quis mostrar que no Dia dos Pais vale tudo! Ele adorou, ficou surpreso e comportado que ele só, não devorou tudo na hora. Ficou na verdade surpreso com o presente "irônico" porque eu sou quem mais pega no pé dele para controlar a alimentação, mas quis fazer um "mimo" pra ele, porque afinal, ele merece!

Sexta-feira foi meu 1° dia de aula na Faculdade e foi ótimo! Eu demorei um pouco para "desligar", fiquei pensando nele e nos meninos sozinhos sem mim. Quando cheguei em casa, por volta das 22:00 hs, ele já tinha dado banho no Thomas, mamadeira e colocado ele para dormir no quarto. Arthur já tinha tomado banho também, mas não quis dormir. Ele ficou me esperando chegar e assim que cheguei, ele deitou a cabeça no meu colo e adormeceu no sofá. Que fofo esse meu filho, viu?!

Mas tudo isso é para dizer que maridinho se saíu muito bem, alimentou, trocou e brincou com os meninos na minha ausência e me deixou muito tranqüila. Mas lá no fundo, eu já sabia que seria assim. Paizão!!!

Daí o Domingo teve churrasco na casa da sogra e Feijoada na casa da minha mãe e muita disposição para comer um pouquinho de cada. Eu não como feijoada, mas maridinho aproveitou. Enfim, espero que todas vocês também tenham tido um ótimo Dia dos Pais!!!






Bjs

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Dia dos Pais...

Ainda dá tempo de preparar alguma "gracinha" para o Dia dos Pais, inspire-se...









Martha Stewart/ Makeit-Loveit/Pinterest/The Idea Room

Um ótimo Final de Semana para todos!!!

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Sexta-feira...

Mais uma Sexta-feira chegou e um final de semana fresquinho vem aí. Vou deixar algumas imagens bonitas que eu "garimpei" nessa semana para que todos tenham uma Sexta-feira positiva e inspiradora!









Que todos tenham um ótimo final de semana!!!

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Uma cozinha...

Ah! esses tons pastéis me deixam alucinada. E esses eletrodomésticos rosa bebê totalmente retrôs, então? Humm, dá vontade de sair mudando tudo aqui na minha cozinha!!!


meninas, eu editei, editei e editei essa foto, não sei porque ela saiu assim... 


 Capuccino Cottage