sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Bye bye 2011...

Sim, provavelmente nos próximos dias eu estarei nostálgica fazendo uma reflexão, uma balanço de como foi o ano, o que conquistei, o que perdi e o que eu deixei passar. Mas com certeza vou mais agradecer do que me arrepender. Também quero colocar as idéias da cabeça em ordem, elas estão borbulhando, o que me deixa muito inquieta, falta só colocar a mão na massa.

Quero agradecer a companhia de vocês, as visitas, os comentários, as amizades que criei através desse cantinho, porque ser blogueira é booooom demais! Até 2012.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Aconteceu no Natal...

Ai que saudades do meu cantinho! Casa limpa, organizada (e mais leve), aos poucos vou retornando ao blog que é minha paixão, acontece que agora me falta o tempo que eu tinha antes. Também retomo as visitas e agradeço os recadinhos que eu recebi nesse tempo.

Muitas coisas aconteceram por aqui, uma delas foram as férias do maridinho. Ele saiu de férias e hora ou outra a empresa precisava dele, resultado: férias canceladas! Ele ficou bem frustrado, pois tínhamos planejado coisas bem legais para fazer com os filhotes, mas paciência! Ele só ficou 3 dias em casa, mas como Deus olha sempre por nós, foram esses 3 dias que eu mais precisei dele por aqui, pois Arthur teve catapora, ficou febríl e dengoso. Foram muitas noites mau dormidas, choro, banhos na madrugada, Thomas também teve uma febre preocupante de 40° graus e a suspeita foi de catapora, mas como ele ainda tem meus anticorpos e tomou leite materno, a pediatra disse que ele poderia não pegar a catapora. Felizmente tudo foi-se embora já no Natal. Mas que sufoco!!!

Mas teve Papai Noel? Teve sim senhor...

Thomas se comportou muito bem, não chorou no colo do Papai Noel e Arthur estava cansado pois teve febre durante a noite toda.

Meus pacotes foram simples, somente papel craft e fita, mas ficaram lindinhos.

E mesmo doentinho, Arthur está sempre de bom humor!!! Ele é que é feliz...

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Clássico 5: A Felicidade Não se Compra...

Tão tradicional quanto a Ceia, o que seria do Natal sem um filme fofinho, natalino e com uma mensagem positiva? Existem milhares de filmes com tema de Natal, inclusive comédias, mas é claro que meu filme preferido, é um clássico e melhor, em preto e branco!
A Felicidade não se Compra (1946) é um daqueles filmes onde a árvore de Natal é imensa, a neve não pára de cair lá fora e a moral da estória nos faz refletir (quer época melhor para isso?). Sem falar no largo sorriso ao final do filme.

Já no início do filme, conhecemos o menino George Baile, um garoto bom e responsável, com grandes sonhos de explorar o mundo, e assim acompanhamos o desenrolar de sua vida até a maturidade, nos momentos mais difíceis que culminam numa tentativa de suicídio frustrada por um anjo, na noite de Natal. Isso mesmo, um anjo desastrado vem mostrar a George que se a vida lhe parece ruím, sem ele seria muito pior. Um maravilhoso exemplo para ser lembrado quando a gente insiste em reclamar da vida, mas depois percebe que ela não é tão ruim assim como a gente a pinta!

Amo a mensagem do filme, a moral que ele nos traz, o clima natalino tipicamente americano, James Stewart  como o "moçinho" ideal, amo a valorização da família, amo ver o quanto George sonha em viajar, conquistar o mundo e tudo ao seu redor conspira para que ele fique no verdadeiro lugar onde ele é feliz...mas que ele ainda não sabe!!!









Assista e aqueça seu coração!!!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Uma pausa necessária...

Já faz um tempo que eu queria muito fazer isso, mas estava adiando, agora, não tem jeito, vou me desconectar do blog um pouquinho. É só um pouquinho mesmo meninas, só até as festas de final de ano.

Existem algumas coisas que eu preciso resolver, metas que eu mesma me coloquei até 2012. Sabe aquela limpeza geral que a gente precisa fazer na vida? Soa dramático né? Mas não é nada demais não. Coisas bobas que eu fui adiando sabe, por exemplo, desde que o Thomas nasceu minhas atenções ficaram voltadas para os meus filhos e a casa ficou um pouco deixada de lado.

Coisas bobas como subir em cima da cadeira para limpar em cima dos armários da cozinha e forrar com um papel novinho, sabe coisas assim...Sabe aquela gaveta de bagunça que todo mundo tem? Então, a daqui de casa já está fora de controle, transbordando de tanto papel.

Fiz uma lista de coisas e vou começar uma verdadeira maratona, um pouquinho a cada dia, afinal tenho 23 dias para realizar tudo que pretendo!!!
Quero fazer um limpeza no meu guarda-roupas, tirar algumas peças da maternidade que eu ainda tenho, peças de antes de engravidar, doar o que não me serve mais, isso inclui roupas do Arthur e peças que o Thomas já perdeu, me desfazer das louças lascadas, sapatos apertados que eu só comprei porque eram lindos (!), livros que não quero mais, aff, tantas coisas...renovar a casa, renovar os ares, renovar a vida!

E essa pausa necessária também vai ser bom para o blog, nos últimos dias eu não estava sendo uma boa blogueira, não estava conseguindo visitar os blogs queridos, retribuir os comentários e muito menos ir conhecer o cantinho das minhas novas seguidoras. Isso me causou uma ansiedade tremenda. Algumas amigas fizeram sorteios, vieram me convidar e eu nem tive tempo de participar. Me senti mal por isso.

Vou usar esse tempinho livre na internet para pesquisar imagens novas, buscar novas inspirações e idéias graciosas para dividir com vocês. Sei que o tempo está curto e atribulado para todo mundo, ainda mais no final de ano, por isso sei que vocês vão me entender.
A minha sanidade pede por essa pausa! Mas não me abandonem, pois eu volto, viu?! Cheinha de novidades, podem apostar :)

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

My Week with Marilyn...

Quando eu soube que Michelle Williams iria fazer o papel de Marilyn Monroe no cinema, eu torci o nariz. Ela é muito baixinha, não tem as curvas voluptuosas que Marilyn tinha e também não possui a sensualidade inegável de Marilyn. Maaaaas, vendo o trailer e as fotos de divulgação do filme, voltei atrás e percebi que não poderia ter escolha melhor! A sua transformação foi incrível. Em algumas imagens é possível até mesmo captar a essência de Marilyn Monroe. Feito que só uma atriz de verdade poderia conseguir.
Eu ainda não vi o filme, quero muito ver no cinema, assim é mais especial, mas meus dedinhos estão coçando aqui do outro lado para baixar o filme pela net hoje mesmo...












Impressionante não?

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Dezembro...

É Dezembro e o Natal já está batendo na porta...

Obs: Se é o que você está pensando, eu também não entendi qual é a do porquinho na guirlanda, rsrs